segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Retrospectiva da Fé

7. Que beleza, pelas montanhas, os passos de quem traz boas-novas, daquele que traz a notícia da paz, que vem anunciar a felicidade, noticiar a salvação, dizendo a Sião: “Teu Deus começou a reinar!”(Is 52;7)

Retrospecto:observação,ou análise,de tempos ou coisas passadas.Vista de olhos para o passado.

Sendo assim devemos fazer uma retrospectiva de nossa Fé.Precisamos olhar para dentro de nós em relação ao nosso proceder,como filhos e filhas desse Deus que nos Ama,e que têm pressa em nossa conversão,porque Jesus vai voltar.

Na carta aos Romanos a palavra, já nós chama a atenção para um encontro pessoal,com nos mesmo,de revermos nossa condição de Batizados,e qual a nossa busca pelas coisas do Pai do Céu,quando ela nós Exorta:

Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos, renovando vossa maneira de pensar e julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, a saber, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito.(Rm12;2)

Dentro dessa temática São João também nos chama a atenção para a forma que estamos buscando.

15.Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai.
16.Porque tudo o que há no mundo — a concupiscência humana, a cobiça dos olhos e a ostentação da riqueza — não vem do Pai, mas do mundo.
17.Ora, o mundo passa, e também a sua cobiça; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.(1Jo2)

Vivemos um mundo capitalista onde muitos irmãos e irmãs só pensão em ter e esquece de ser . A uma valorização em sempre ter mais ,mesmo que seja a custa de desonestidade,injustiças e por ai vai . Valorizam muito o mundo , mais quando mergulhamos no livro Santo , que é a palavra de Deus, nos é apresentados outros valores como o serviço, a partilha, a fraternidade, e o desapego as coisas do mundo. Dentro deste contexto vamos ouvir a Palavra de Deus, como São Paulo nos diz:

16.Toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme a justiça.
17.Assim, a pessoa que é de Deus estará capacitada e bem preparada para toda boa obra.(2Tm3)
7.Com efeito, não trouxemos nada para este mundo, como também dele não podemos levar coisa alguma.
8.Então, tendo com que nos sustentar e nos vestir, fiquemos contentes.
9.Pois os que querem enriquecer caem em muitas tentações e laços, em desejos insensatos e nocivos, que mergulham os homens na ruína e perdição.
10.Na verdade, a raiz de todos os males é o amor ao dinheiro. Por se terem entregue a ele, alguns se desviaram da fé e seafligem com inúmeros sofrimentos.(1Tm6)
1.Ficai sabendo que, nos últimos dias, sobrevirão momentos difíceis.
2.As pessoas serão egoístas, gananciosas, presunçosas, soberbas, difamadoras, rebeldes a seus pais, ingratas, sacrílegas,
3.sem coração, implacáveis, caluniadoras, incontinentes, desumanos, inimigos do bem,
4.traidoras, insolentes, presunçosas, mais amigas dos prazeres do que de Deus,
5.tendo a aparência da piedade, mas desmentindo o seu efeito. Foge também dessa gente.(2Tm3)
1.Filho, não prives da esmola o pobre; não desvies do pobre os teus olhos.
2.Não entristeças quem tem fome e não exasperes o pobre em sua indigência.
3.Não aflijas o coração do indigente e não adies a ajuda ao angustiado.
4.Não rejeites a súplica do aflito e não desvies do indigente o teu rosto.(Eclo4)
6.Assim como acolhestes o Cristo Jesus, o Senhor, assim continuai caminhando com ele.
7.Continuai enraizados nele, edificados sobre ele, firmes na fé tal qual vos foi ensinada, transbordando em ação de graças.
8.Que ninguém vos faça prisioneiros de teorias e conversas sem fundamento, conforme tradições humanas, segundo os elementos do cosmo, e não segundo Cristo.(Cl2)
32.A multidão dos fiéis era um só coração e uma só alma. Ninguém considerava suas as coisas que possuía, mas tudo entre eles era posto em comum.
33.Com grande poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e sobre todos eles multiplicava-se a graça † de Deus.
34.Entre eles ninguém passava necessidade, pois aqueles que possuíam terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro
35.e o depositavam aos pés dos apóstolos. Depois, era distribuído conforme a necessidade de cada um.(At4)
33.A água apaga o fogo crepitante: assim a esmola expia os pecados.
34.Deus está sempre observando quem presta um favor, lembra-se dele no futuro e, no momento da queda, ele encontra apoio.(Eclo3)

Assim a palavra vem falar ao nosso coração fazendo com que de fato eu contemple ,essa palavra e possa olhar pra dentro de nos mesmo, e olhar o mundo sobre a ótica do Espírito Santo. Onde muita das vezes si prega um Jesus banqueiro e na verdade Jesus nos fala ao contrario.

13.Alguém do meio da multidão disse a Jesus: “Mestre, dize ao meu irmão que reparta a herança comigo”.
14.Ele respondeu: “Homem, quem me encarregou de ser juiz ou árbitro entre vós?”
15.E disse-lhes: “Atenção! Guardai-vos de todo tipo de ganância, pois mesmo que se tenha muitas coisas, a vida não consiste na abundância de bens”.
16.E contou-lhes uma parábola: “A terra de um homem rico deu uma grande colheita.
17.Ele pensava consigo mesmo: ‘Que vou fazer? Não tenho onde guardar minha colheita’.
18.Então resolveu: ‘Já sei o que fazer! Vou derrubar meus celeiros e construir maiores; neles vou guardar todo o meu trigo, junto com os meus bens.
19.Então poderei dizer a mim mesmo: Meu caro, tens uma boa reserva para muitos anos. Descansa, come, bebe, goza a vida! ’
20.Mas Deus lhe diz: ‘Tolo! Ainda nesta noite, tua vida te será retirada. E para quem ficará o que acumulaste? ’
21.Assim acontece com quem ajunta tesouros para si mesmo, mas não se torna rico diante de Deus”.(Lc12)

Que o nosso coração no ano de 2010 possa dizer não as coisas do mundo, e sim para Deus, pois sabemos que as coisas do mundo estão contrarias com as de Deus , ouçamos a palavra:

7.Houve então uma batalha no céu: Miguel e seus anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão lutou, juntamente com os seus anjos,
8.mas foi derrotado; e eles perderam seu lugar no céu.
9.Assim foi expulso o grande Dragão, a antiga Serpente, que é chamado Diabo e Satanás, o sedutor do mundo inteiro. Ele foi expulso para a terra, e os seus anjos foram expulsos com ele.(Ap12)

Sendo assim aprendemos de São Paulo:

10.Enfim, fortalecei-vos no Senhor, no poder de sua força;
11.revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do diabo.
12.Pois a nossa luta não é contra o sangue e a carne, mas contra os principados, as potestades, os dominadores deste mundo tenebroso, os espíritos malignos espalhados pelo espaço.
13.Por isso, protegei-vos com a armadura de Deus, a fim de que possais resistir no dia mau, e assim, empregando todos os meios, continueis firmes.
14.Ficai, pois, de prontidão, tendo a verdade como cinturão, a justiça como couraça
15.e os pés calçados com o zelo em anunciar a Boa-Nova da paz.
16.Em todas as circunstâncias, empunhai o escudo da fé, com o qual podereis apagar todas as flechas incendiadas do Maligno.
17.Enfim, ponde o capacete da salvação e empunhai a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.
18.Com toda sorte de preces e súplicas, orai constantemente no Espírito. Prestai vigilante atenção neste ponto, intercedendo por todos os santos.(Ef6)

Jesus também nos exorta:

13.Agora, porém, eu vou para junto de ti, e digo estas coisas estando ainda no mundo, para que tenham em si a minha alegria em plenitude.
14.Eu lhes dei a tua palavra, mas o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como eu não sou do mundo.
15.Eu não rogo que os tires do mundo, mas que os guardes do maligno.
16.Eles não são do mundo, como eu não sou do mundo.
17.Consagra-os pela verdade: a tua palavra é a verdade.
18.Assim como tu me enviaste ao mundo, eu também os enviei ao mundo.
19.Eu me consagro por eles, a fim de que também eles sejam consagrados na verdade.
20.Eu não rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela palavra deles.
21.Que todos sejam um, como tu, Pai, estás em mim, e eu em ti. Que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste.
22.Eu lhes dei a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um:
23.eu neles, e tu em mim, para que sejam perfeitamente unidos, e o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste como amaste a mim.
24.Pai, quero que estejam comigo aqueles que me deste, para que contemplem a minha glória, a glória que tu me deste, porque me amaste antes da criação do mundo.
25.Pai justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste.
26.Eu lhes fiz conhecer o teu nome, e o farei conhecer ainda, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu mesmo esteja neles”.(Jo17)

Que como Maria Santíssima nossa Mãe e da Igreja possamos estarmos sempre na condição de servo, e que a força consoladora do Espírito Santo de Deus nós ajude de fato olharmos o mundo sobre sua ótica. Para sermos Arautos da palavra encarnada.O verbo de Deus se fez Carne e habitou entre nós. Assim seja Amém.

Finalizo com uma consideração do código de Direito Canônico(781)

“A IGREJA INTEIRA É MISSIONÁRIA,E EVANGELIZAR É O DEVER FUNDAMENTAL DO POVO DE DEUS”.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Precisamos dar mais valor as pequenas coisas da vida, que por serem pequenas parecem não ter valor. É preciso preocupar-se com o ser,que são coisas que permanecem independente do que se tem, já o ter se perde independete de quem você é.

    ResponderExcluir
  3. valorizar os princípios cristãos , será a melhor opção de vida ; para alcançar uma vida nova, e evangeliza no dia -a - dia é um dos propósitos que DEUS espera de cada um de nós...

    ResponderExcluir